© 2013 Publicações ocasionais com vistas à edificação do povo de Deus. Artigos na maioria traduzidos e usados com permissão, ou em domínio público.

Buscar
  • C I SCOFIELD

CRENTES E PROFESSOS


Desde que Deus tem um povo Seu neste mundo, esse povo tem sido dolorosamente prejudicado com a presença, entre ele, dos que professam ser povo de Deus, mas na realidade, não o são. Esse estado de coisas, que começou mesmo no jardim do Eden, continuará até que "mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino¹ tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniquidade. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai". Mateus 13:41-43

O fato de reconhecer a Escritura esta mistura de joio e trigo - de meros professos entre os verdadeiros crentes - confunde grandemente muitos estudantes da Bíblia, que aplicam aos filhos de Deus os avisos e exortações reservados exclusivamente aos que se enganam ou aos hipócritas, mais exacerbadamente nos últimos dias da Igreja².

As Escrituras revelam, abundantemente, a existência dessa mistura:

"Ao cabo de dias trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor. Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura. Ora, atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta, mas para Caim e para a sua oferta não atentou. Pelo que irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante". Gênesis 4:3-5 "Assim viajaram os filhos de Israel de Ramsés a Sucote, cerca de seiscentos mil homens de pé, sem contar as crianças. Também subiu com eles uma grande mistura de gente; e, em rebanhos e manadas, uma grande quantidade de gado". Êxodo 12:37-38

"Ora, o vulgo que estava no meio deles veio a ter grande desejo; pelo que os filhos de Israel também tornaram a chorar, e disseram: Quem nos dará carne a comer? Lembramo-nos dos peixes que no Egito comíamos de graça, e dos pepinos, dos melões, dos porros, das cebolas e dos alhos. Mas agora a nossa alma se seca; coisa nenhuma há senão este maná diante dos nossos olhos". Números 11:4-6

"Naquele dia leu-se o livro de Moisés, na presença do povo, e achou-se escrito nele que os amonitas e os moabitas não entrassem jamais na assembleias de Deus; porquanto não tinham saído ao encontro dos filhos de Israel com pão e água, mas contra eles assalariaram Balaão para os amaldiçoar; contudo o nosso Deus converteu a maldição em benção. Ouvindo eles esta lei, apartaram de Israel toda a multidão mista". Neemias 13:1-3

"Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio. Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeaste no teu campo boa semente? Donde, pois, vem o joio? Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo? Ele, porém, disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis com ele também o trigo. Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro". Mateus 13:24-30

"Pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras". II Coríntios 11:13-15

"E isto por causa dos falsos irmãos intrusos, os quais furtivamente entraram a espiar a nossa liberdade, que temos em Cristo Jesus, para nos escravizar; aos quais nem ainda por uma hora cedemos em sujeição, para que a verdade do evangelho permanecesse entre vós". Gálatas 2:4

"Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão as suas dissoluções, e por causa deles será blasfemado o caminho da verdade"; II Pedro 2:1-2

É impossível, numa breve exposição bíblica, referir-mo-nos a todas as passagens que fazem distinção entre crentes verdadeiros e meros professos, hipócritas, ou legalistas enganados, que trabalham PARA a sua própria salvação em vez de OPERAR a salvação já recebida como um dom gratuito.

¹ A dispensação do reino começa na 2ª vinda do Senhor Jesus, após o arrebatamento da Igreja e após sete anos da grande tribulação, ou seja com o fim dos tempos dos gentios.

² "sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores com zombaria andando segundo as suas próprias concupiscências", II Pedro 3:3

#palavradaverdade #scofield