© 2013 Publicações ocasionais com vistas à edificação do povo de Deus. Artigos na maioria traduzidos e usados com permissão, ou em domínio público.

OS ÚLTIMOS DIAS DA IGREJA (2)

28.05.2018

Em continuação ao texto (1) e, estudando as profecias relativas aos Últimos Dias da Igreja, devemos prioritariamente considerar a diferenciação bíblica quanto ao mundo atual e a posição do povo de Deus nele, reconhecendo, principalmente, a distinção explícita entre a Igreja de FILADÉLFIA, a igreja "onde dois ou três estão reunidos em Nome de Jesus, que guardam a Palavra de Deus e não negam o Nome de Cristo", com a igreja de LAODICÉIA apóstata, “que não é fria nem quente, e por ser morna está a ponto de ser vomitada da boca do  Senhor Jesus”,  ambas profetizadas no Livro do Apocalipse: 

 

“Ao anjo da igreja em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre. Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome. Eis que farei aos da sinagoga de Satanás,  aos  que  se  dizem  judeus, e  não  o  são,    mas mentem, eis que farei que venham, e adorem prostrados aos teus pés, e saibam que eu te amo. Porquanto guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra. Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, donde jamais sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do meu Deus, e também o meu novo nome. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Apocalipse 3:7-13

 

Na passagem acima, à Igreja de Filadélfia é notoriamente manifestada a Pessoa do Senhor, e a Sua Glória, que será guardada da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra. Claramente aos santos da Igreja verdadeira, hoje vivendo os seus últimos dias, meramente é exigido que se guarde o Seu Nome e a  Sua Palavra. Assim, é preciso estarmos com a  Sua Pessoa, embora ausente, e com a glória devida ao Seu Nome, para vencermos a prova, até que Ele venha.

 

Diferentemente, “Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus. Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e  miserável, e  pobre, e  cego, e nu; aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu também venci e me assentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas”. Apocaclipse 3:14-22

 

Fica claro, nesse texto profético, que os membros da igreja de Laodicéia estão infiltrados, nestes últimos dias, na Igreja de Filadélfia, pois não são “quentes” (como os da Igreja de Filadélfia), nem “frios” (como os da Sinagoga de Satanás) e por serem “mornos” estão a ponto de serem “vomitados”, ou seja, excluídos do arrebatamento, ou melhor, do encontro com o Senhor Jesus nos ares, restando-lhes apenas uma última chance para que antes  desse  dia, atendam ao chamado e ouçam a Sua Voz, e abram a porta para que Ele entre em sua casa, sendo assim concedido que também venham a se assentar com Ele em Seu Trono

 

Mas cuidado, pois esse será o clímax do fim dos tempos dos gentios que culminará em um tempo terrível que há de vir sobre o mundo, chamado de a Grande Tribulação, período sem igual que abater-se-á sobre todo o mundo, a partir de Israel, conforme Daniel 12, Mateus 24 e Marcos 13. É a hora de tentação e provação que há de vir sobre todos os habitantes do mundo, atingindo-os  onde  quer  que  estejam, para experimentar todos que ainda residem sobre a terra. Só escaparão dessa hora de provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra, aqueles que, obedecendo a chamada de Cristo, tiverem sido arrebatados ao Céu por terem recebido Sua preciosa promessa e guardaram a palavra da Sua perseverança.

 

Porém, seja qual for o modo como contemplemos o futuro, seja do ponto de vista do arrebatamento da Igreja, do mundo em chamas pela manifestação do iníquo na grande tribulação, da vinda do Noivo ou do ladrão da noite, da Estrela da Manhã ou do Sol da Justiça, resta-nos atentarmos para o inefável testemunho de Deus em graça para com os pecadores perdidos: “Eis aqui o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação”. II Coríntios 6:2 - “Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados”. II Coríntios 5:19

 

Ele está procedendo agora à reconciliação, pois até aqui é tudo graça, sendo certo que, por ora, Deus perdoa o  pecado por meio do Precioso Sangue derramado na  Cruz por nosso Redentor e Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Julgará no fim, quando será só ira, mas agora sua mensagem é de graça pura, rica e liberal, falando aos pecadores de uma redenção efetuada por meio do precioso sacrifício de Cristo. Revela que a questão do pecado foi liquidada e espera a oportunidade de ser gracioso. “A longanimidade de Nosso Senhor é a salvação”. II Pedro 3:15 e “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a tem por tardia; mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se”. II Pedro 3:9

 

Tudo isso torna o momento presente de solenidade peculiar. Pura graça proclamada !!! Pura ira pendente !!!. Tudo profundamente solene, mas igualmente revelador tendo em vista que a Bíblia lança a sua luz sobre estas coisas, de tal forma, que nos orienta precisamente sobre os rumos dos acontecimentos que devemos entender, compreendendo completamente a tendência de todos os princípios que agora operam. Nas Escrituras encontramos explicações para o turbilhão de fatos que estão se sobrepondo com velocidades incríveis. Enquanto os homens sonham com um século áureo, prometem a si mesmos um milênio das artes e das ciências e alimentam-se com o pensamento de que amanhã o mundo será melhor do que hoje e mais abundante, a cada novo dia vemos a confirmação da Palavra de Deus que diz em II Timóteo 3:1 “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos”.  

 

Como são vãos estes pensamentos, sonhos e promessas, que lamentavelmente prosperam até mesmo dentro das igrejas em seus últimos dias. Somente a fé pode ver as nuvens carregadas em volta do  horizonte  do  mundo. O juízo aproxima-se. O dia da ira está perto e a porta da salvação será em breve fechada. A grande desilusão para o mundo infiel, em breve se verificará com intensidade terrível. Resta agora à Igreja verdadeira, aquela onde dois ou três estão habitualmente reunidos em nome de Jesus, levantar a voz do aviso, procurando por meio de um testemunho fiel, contrariar a complacência lamentável do homem com o mal.

 

Verdade é que fazendo assim, ficará sujeita à acusação que Acabe fez contra Micaías de sempre profetizar o mal, mas essa não deve ser a nossa preocupação. Profetizemos o que a Palavra de Deus profetiza e simplesmente com o propósito de persuadir os homens. A Palavra de Deus só remove de debaixo dos nossos pés uma concavidade com o fim de por em seu lugar um fundamento que nunca pode ser abalado. Tira-nos uma esperança ilusória para nos dar em seu lugar uma esperança que não se envergonha. Tira uma cana quebrada para nos dar a rocha dos séculos. Acaba com uma cisterna rota, que não retém a água para abrir em seu lugar o manancial de águas vivas.

 

Isto é amor verdadeiro. É o amor de Deus. Ele não clamará paz, paz, quando não há paz nem fará reboco de cal não adubada. Anela ter o coração do pecador descansando sossegadamente na Sua Arca de Eterna Segurança, gozando comunhão  com Ele, e  acalentando a esperança de que, quando toda a ruína, desolação, e o juízo tiverem passado, descansará na criação restaurada. 

 

Revelações finais a serem cumpridas nos ÚLTIMOS DIAS DA IGREJA, com ênfase para a celebração da CEIA DO SENHOR:

 

“Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e deu aos discípulos, dizendo: *Tomai, comei; isto é o meu corpo. E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: *Bebei dele todos; Porque isto é o meu sangue; o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados. Mas digo-vos que desde agora não mais beberei deste fruto da videira até aquele dia em que convosco o beba de novo, no reino do meu Pai. E tendo cantado um hino, saíram para o Monte das Oliveiras”. Mateus 26:26-30 (Mc 14:22-26 e Lc 22:19-23)

 

“Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e havendo dado graças, o partiu e disse: *Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice dizendo: *Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. Porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha". I Coríntios 11:23-26

 

* Palavras expressas pelo próprio Senhor Jesus

 

Mas quando deve a Igreja celebrar a Ceia do Senhor? Sem dúvida alguma, “No primeiro dia da semana, tendo-nos reunido a fim de partir o pão, Paulo, que havia de sair no dia seguinte, falava com eles, e prolongou o seu discurso até a meia noite”. Atos 20:7

 

 

 

Please reload

Destaque

CONSULTANDO JESUS

23.08.2017

1/10
Please reload

Tags